2016 - Barricada de Livros

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

O que diabos está acontecendo em Donnie Darko?
outubro 21, 2016 7 Comments

Donnie Darko, a primeira vista, é um filme confuso. Lembro-me da primeira vez que o assisti, era uma noite qualquer e acabei de assistir sem entender absolutamente nada e fui dormir meio incomodada, sem nem entender o porque... muito parecido com os personagens ao fim do filme. Foi preciso assistir novamente mais algumas vezes para eu chegar a conclusão de que nada fazia sentido e até deixei esse assunto de lado. Até que um dia descobri uma versão estendida do filme e foi aí que notei que a chave para entender tudo estava em um detalhe que passou despercebido por mim num primeiro momento: o livro da Vovó Morte!

E que sorte existir um livro em que estão presentes aquelas páginas tão importantes para a jornada de Donnie. O livro em questão é o "The Donnie Darko Book" que foi lançado originalmente em 2003 e esse ano a DarkSide trouxe para no Brasil. Era claro que seria um sucesso afinal, se o Donnie entendeu toda sua jornada com o livro dela em mãos eu ia entender também, não é? Mas não foi tão fácil assim... tive que rever o filme mais algumas vezes, ler posts na internet, ver vídeos, ler esse livro mais algumas vezes e ainda assim eu não tenho 100% de certeza que entendi MESMO. Mas pensando bem, esse é o legal. O próprio Jake Gyllenhaal diz algo interessante sobre isso no prefácio:


"Mas, se você pensar a respeito, verá que ela chega ao ponto crucial de tudo aquilo que a princípio aceitamos como verdade: nossas próprias mentes, como elas se diferem uma das outras, e de como estamos todos à mercê de nossas próprias interpretações."


Vou detalhar aqui minha interpretação sobre tudo que acontece em Donnie Darko e que é sustentada pelo livro da Vovó Morte. É bom lembrar que vão ter spoilers no texto então se não quiser saber demais, não recomendo a leitura. Então vamos lá!



Para começar a explicar Donnie Darko você precisa estar familiarizado com alguns conceitos:
Universo Primário — o universo real, onde todos nós vivemos;
Universo Tangente — universo paralelo com o UP, onde ocorre quase todo o filme;
Quarta Dimensão — basicamente o espaço/tempo;
A Filosofia da Viagem no Tempo — livro escrito pela Roberta Sparrow aka Vovó Morte.

O Universo Tangente surge quando o tecido da Quarta Dimensão se corrompe — o que é bem raro — porém esse novo universo é altamente instável e só se sustenta por apenas algumas semanas (28 dias, 06 horas, 42 minutos e 12 segundos). Depois desse tempo ele vai entrar em colapso e formará um buraco negro dentro do Universo Primário capaz de destruir toda a existência. O primeiro sinal de que um Universo Tangente ocorreu é a existência de um ARTEFATO, que são formados de metais — no nosso caso, é a turbina. Para que o ARTEFATO consiga voltar para o Universo Primário é preciso que alguém o guie. A pessoa responsável por isso é o RECEPTOR VIVENTE — Donnie —  que é abençoado com poderes que o ajude a realizar sua tarefa (aumento de força, tele cinética, controle da mente e habilidade de conjurar fogo e água).

Tá, mas aí você me pergunta: "Por que o Universo Tangente é tão instável? Por que é preciso levar o ARTEFATO até o Universo Primário? Por que Donnie é escolhido para essa tarefa?" Vamos entender exatamente o que tá acontecendo.

A Filosofia da Viagem no Tempo não nos diz como os ARTEFATOS ocorrem mas seguindo a lógica, quando a Quarta Dimensão se corrompeu, o mais provável é que tenha acontecido em cima da casa de Donnie no momento em que estava passando um avião. Por causa da força da quebra da Quarta Dimensão, a turbina se soltou e caiu nesse "buraco" que ligava o Universo Primário com o Universo Tangente que surgiu. E é por isso que a turbina cai em cima do quarto de Donnie. Como o Universo Tangente nada mais é do que uma "cópia" do Universo Primário isso quer dizer que no novo universo aquela turbina também existe, mas está grudadinha no seu avião já que ele nunca decolou naquela realidade. E é por isso que esse universo fica tão instável, pois aquela turbina não deveria existir ali e deve ser levada de volta para casa.

Agora, por que Donnie é o RECEPTOR? O livro da Vovó Morte diz que não se sabe como e por que um Receptor é escolhido, dando a entender que a escolha é aleatória, mas no meu ponto de vista, a pessoa escolhida é alguém que tem uma certa "facilidade" de aceitar o desconhecido, levando em conta que coisas inexplicáveis irão acontecer com ela. No filme ficamos sabendo que Vovó Morte era uma freira que de uma hora para outra mudou completamente sua vida, escreveu A Filosofia da Viagem no Tempo e foi dar aula de ciências. Mas pensa, de onde ela tirou as informações de seu livro?

Ela poderia ter sido receptora de algum outro acontecimento e depois de sua jornada ter lembrado de algumas coisas e escrito aquele livro para ajudar algum próximo receptor. Então, sendo uma religiosa ela poderia muito bem aceitar melhor toda a loucura, as visões e tudo que acontece a um receptor por talvez encarar aquilo como uma obra divina. Donnie tem problemas psiquiátricos, e sempre teve alucinações e já estaria acostumado a coisas fora do comum.

De qualquer forma, Donnie não guia o ARTEFATO sozinho. Nesse novo universo, todos estão em perigo, e por isso existe os VIVENTES MANIPULADOS e os MORTOS MANIPULADOS. Os VIVENTES são as pessoas próximas do RECEPTOR — professores, pais, irmãs, colegas de escola, etc — que afim de auxiliar este na devolução do ARTEFATO, se comportam de forma irracional, bizarra e as vezes até violenta. Já os MORTOS são as pessoas que morrem no Universo Tangente — Frank e Gretchen — e esses são até mais poderosos que o próprio RECEPTOR.

O papel dos MORTOS MANIPULADOS é manipular o RECEPTOR usando a Edificação da Quarta Dimensão (aquela geleia que sai da barriga das pessoas) que nada mais é do que os passos que as pessoas vão seguir que aparentemente são determinadas pelo Frank, tudo para que possa levar Donnie a guia o ARTEFATO de volta para o Universo Primário. Isso explica o motivo dos VIVENTES agirem de forma tão estranha e as vezes bizarra. Eles não tem escolha, estão cumprindo um objetivo maior.

Outra coisa que os MORTOS fazem é criar Armadilhas de Garantia contra o pobre RECEPTOR que é deixado sem escolha e é forçado a usar seu Poder da Quarta Dimensão para devolver o Artefato de volta para o Universo Primário antes que o buraco negro se colapse e destrua tudo. Depois que o ARTEFATO é devolvido para o Universo Primário, muitos dos manipulados não se lembram de suas experiências. Os que lembram de sua jornada são frequentemente assombrados e tomados por um profundo remorso pelos seus atos que se manifestam depois pelos seus sonhos.


LOUCURA TOTAL!
Eu amo o tema viagem no tempo então pra mim é uma loucura delicinha. Não sei se você, leitor, conseguiu ir ligando a explicação com os acontecimentos do filme. Se não, assista novamente o filme que com certeza vai conseguir ligar os pontinhos. Se você conseguiu ligar os pontos lendo, assista novamente também. Com certeza você vai acabar notando coisas que eu não notei. Ou ainda interpretar certas coisas de forma diferente.

É tudo sobre interpretação! Mesmo sendo a teoria "oficial" (pois é sustentado pelo livro da Vovó Morte) eu já senti diferenças de outras teorias oficiais que eu li antes de fazer esse texto. Então não levem o meu post ou outro post sobre o filme como A verdade por que sua interpretação pode ser diferente, e isso que é o legal desse filme! Uma coisa que eu normalmente não vejo pessoal falar é sobre o próprio Donnie. Eu noto que conforme a história vai passando e ele vai entendendo o que está acontecendo/o que vai lhe acontecer, ele vai ficando desanimado, triste e com medo. E isso entra numa questão importante que eu também nunca vi ninguém falar sobre: o que a Gretchen faz nisso tudo?

Ela é um morto manipulado mas, ao contrário de todos os outros manipulados, não fica claro seu papel. Beleza, os manipulados que aparecem não são os únicos então não sabemos o papel de vários. Mas ela é muito importante na história, é estranho que seu papel não seja mostrado. Todas as ações dos manipulados são como pontos de um crochê, as ações vão se entrelaçando entre si para que no fim possa ter um tapete.

Para mim, o ponto que a Gretchen é responsável é o amor. Ao meu ver, seu papel principal é conhecer Donnie e se apaixonarem. Ao se apaixonar, Donnie coloca Gretchen antes de si mesmo o que teoricamente faria ele se sacrificar por causa dela. Mas só isso não é o suficiente. Para que Donnie realmente complete sua missão é preciso da Armadilha de Segurança, comentada ali em cima. O amor de Gretchen é parte dessa Armadilha e Frank a completa matando a garota. Deixando Donnie desolado e sem saída a não ser guiar o artefato para seu lugar de origem. Ao meu ver, Donnie Darko não é apenas sobre viagem no tempo mas também sobre a natureza tentando de todas as formas que ela pode voltar ao normal para não ser destruída. É uma história de sobrevivência.

Mas então pessoal, o que acharam dessa explicação? Tentei deixar o mais claro e direto possível, e é como eu interpreto Donnie Darko, vocês concordam com essa explicação dos fatos ou notaram coisas diferentes ao ligar os pontos sozinhos? Me falem aqui!

Autor: Richard Kelly
Tradução: Antônio Tibau
Editora: Dark Side Books
Ano: 2016
Páginas: 239
Reading Time:

@linelanis