últimas resenhas

31 outubro 2016

IT - A Coisa, de Stephen King (#8)

| | 5 comentários
Título Original: It
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2014
Páginas: 1102
Para saber mais: Skoob
COMPRAR
Sinopse: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa.

21 outubro 2016

Donnie Darko, de Richard Kelly (#7)

| | 7 comentários
Título Original: The Donnie Darko Book
Autor: Richard Kelly
Editora: Dark Side Books

Ano: 2016
Páginas: 239
Para saber mais: Skoob
COMPRAR

Sinopse: Além do roteiro original, Donnie Darko, o livro surpreende pelo conteúdo extra. A começar pelo prefácio exclusivo, assinado por Jake Gyllenhaal. O astro de sucessos como Zodíaco, Soldado Anônimo, Príncipe da Pérsia e O Segredo de Brokeback Mountain, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar, até hoje é parado nas ruas por admiradores que querem saber sua opinião sobre o que realmente Richard Kelly quis contar em seu filme de estreia.

04 outubro 2016

LIVROS EM AÇÃO | Garota Infernal

| | 0 comentários

Aeo! Segundo post sobre filme! O post de hoje é sobre um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. E já começo dizendo que: não, não é o melhor filme do mundo. Existe diversos filmes melhores em váaaarios aspectos. Mas isso não muda o fato de eu gostar dele. Agora vamos lá!

Lembro que primeira vez que assisti (que aliás nem lembro como diabos achei esse filme por aí) eu fiquei fissurada nele. Assistia e assistia de novo. Foi uma loucura. Só assistia ele. Eu simplesmente achava e continuo achando ele super envolvente e divertido de ser assistido.