últimas resenhas

09 setembro 2017

LIVROS EM AÇÃO | Os Miseráveis

| |

E pra fechar o ciclo que eu mesma fiz aqui nesse blog, hoje eu venho falar um pouco sobre a adaptação cinematográfica de Les Misérables! Já fiz um post falando sobre a versão brasileira da peça, você pode ler clicando aqui.

Vamos lá, o filme conta a história de Jean Valjean que foi preso depois de roubar um pedaço de pão para alimentar os filhos de sua irmã. Ele acaba ficando 19 anos nas galés, sua pena é gigante pois aumentava sempre que ele era pego tentando fugir. Ao fugir de sua condicional Valjean é perseguido sua vida toda por Javert, inspetor da polícia. Valjean tenta viver sua vida de forma honesta depois de um gesto de amor do Bispo de Digne.

Durante sua trajetória ele conhece Fantine e promete que vai cuidar de sua filhinha, Cosette. Após um pulo no tempo, vemos Cosette já crescida e se apaixonando por Marius, um estudante que faz parte do grupo que vai participar da revolta de junho de 1832. Há também os Thénardier, família que Fantine pagava para cuidar da pequena Cosette e que são pais de Eponine, que é extremamente apaixonada por Marius. E não podemos esquecer de Gavroche, um menino de rua muito esperto e talvez o melhor personagem.

O filme foi lançado em 2012 e a trouxa aqui não quis ver no cinema na época, me arrependo até hoje, quando ele foi lançado eu ainda não era tão ligada em musicais e acabei não tendo tanto interesse assim. Fui ver só depois e porque minha prima e minha irmã me obrigou, acabou que eu não entendi nada pois não prestei atenção e fui taxada como sem coração HAHAHA MAS algum tempo depois disso eu resolvi ver sozinha e por livre e espontânea vontade e AMEI.

E assim que minha relação com Os Miseráveis começou! Desde então eu assisti ao filme diversas vezes, chorei em todas e resolvi que iria ler o livro na íntegra. Primeiro grande clássico que eu quis ler, coragem. Mas amei demais e você pode saber um pouco mais sobre clicando aqui. 

Como deixei mais do que claro na minha postagem sobre a peça, Les Mis me mudou completamente e isso se deu pelo filme. E agora tendo visto a peça que deu origem ao filme, isso porque essa adaptação é baseada na peça e não no livro propriamente dito, eu consigo ver o quão bem feito ele é. Não era realmente nenhuma surpresa já que ele sempre foi um filme lindíssimo esteticamente falando, isso sem contar os atores que arrasam toda vez que aparecem na tela. Todos são extremamente bons e com uma voz de arrepiar qualquer um!

Fico chocada cada vez que conheço alguém que nunca assistiu a essa adaptação. Mas existe ainda, então se você é uma dessas pessoas eu te imploro! Pegue um tempo e vai assistir a esse filme pois ele merece o seu tempo e quem sabe você não se apaixona pelo gênero? 

Sem comentários:

Enviar um comentário