Revisitando Harry Potter


Depois de quase 10 anos desde que tive meu primeiro contato, decidi reler a série mais importante da minha vida de leitora: Harry Potter.

A decisão veio pois no ano de 2019 eu perdi o meu hábito de leitura por conta de todos meus afazeres da faculdade e não suportei a ideia disso continuar assim pois ler (por diversão) é o que eu mais amo no mundo! Imaginei que relendo Harry Potter, talvez a série mais importante para a consolidação desse hábito, seria uma boa forma de voltar as leituras. Ainda não sei exatamente de funcionou, mas posso dizer com certeza o quanto que eu amei revisitar esse universo.

É doido pensar como esse universo está impregnado nesse 'eu' em que me tornei dentro de quase 22 anos. Harry Potter e a Pedra Filosofal foi o primeiro filme que vi no cinema, eu tinha em torno de 3 anos de idade e é uma das primeiras memórias que tenho como pessoa. Lembro-me de ter ficado com medo do trasgo e logo depois disso minha mãe saiu comigo do cinema. Anos depois foi nesse mesmo universo que eu aprendi a amar ainda mais a leitura e os livros também foram partes importantes da minha vida e que me ajudaram a me tornar quem eu sou. É bem difícil eu não sentir uma uma ligação importante com a série até hoje.

Harry Potter não iniciou minha vida como leitora. Sempre tive um incentivo a leitura vindo do meu pai e ele me levava sempre que podia na biblioteca municipal da nossa cidade para que eu pudesse pegar livros, na época lia muito Capitão Cueca e amava! Conforme os anos se passaram essas visitas foram diminuindo e o hábito acabou se perdendo também. Isso começou a mudar lentamente depois que uma conhecida do meu pai me colocou para ler um dos livros da coleção Para Gostar de Ler e parece que funcionou, não é mesmo? Não tenho tantas lembranças dessa época mas após isso fui querendo ler o que podia e fui construindo esse hábito, também tive o incentivo de uma professora minha que sempre separava um dia de aula apenas para as leituras e foi por causa dela que acabei lendo a série Crepúsculo que estava bombando e eu amava os filmes.

Foi mais ou menos nessa mesma época que o sexto filme de Harry Potter saiu nos cinemas e apesar de eu ter ido ver Cálice de Fogo e Ordem da Fênix quando lançados, foi com Enigma do Príncipe  que eu fiquei quase que no desespero de ler toda a série antes de sair os últimos dois filmes. Lembro-me que fiquei muito intrigada com os acontecimentos do sexto ano e senti que perdi muitas coisas por não ter as informações que muito provavelmente estariam nos livros e foi a partir disso que mergulhei de cabeça no universo do menino Potter.



Share:

2 Comentários

  1. Olá!

    Acho que para qualquer pessoa, são as nossas redes de apoio que nos permite seguir em frente, apesar de tantos problemas e dificuldades que enfrentamos no nosso dia a dia.

    Beijos,

    Livros Engavetados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!

      Acho que nunca tinha notado a importância disso até eu ter uma aula na faculdade em que a gente discutiu um pouco disso, me marcou muito!

      Beijos!

      Excluir