Tá tudo bem deixar pra lá

créditos da imagem: syperdre
O ano de 2020 mal começou e já me enfiei numa enrascada.

Sabe quando você tá lá no seu canto, querendo que aquela coisa aconteça e de repente você vê uma oportunidade aparecer bem na sua cara? E você não acredita em como foi fácil isso acontecer e fica encantada pensando "meu deus, eu preciso me abrir mais para a vida pois a oportunidade estava aqui e eu nunca tinha notado!", pois é meu amor... corre! Lembra daquela expressão: o que vem fácil vai fácil? Então, a última coisa que quero fazer é romantizar o sofrimento mas se algo vem MUITO fácil, as chances de dar merda são muito maiores. Qual é, olha o mundo em que vivemos! A gente tá fadado ao sofrimento, mas eventualmente algo de bom sai disso.

De qualquer forma, digamos que algo aparentemente bom veio fácil e você decidiu agarrar a oportunidade mesmo assim (como eu fiz!), será que não tinha nenhum sinal de que algo não estava certo? Eu nunca acreditei nessas coisas, mas agora vejo que sim, esses sinais existem! Desde o começo dessa história toda eu não fiquei completamente confortável onde eu estava me enfiando, ainda que no fundo era algo que eu tinha certeza que queria, mas decidi ignorar esse sentimento  porque afinal poderia ser só um frio na barriga por ter saído da minha zona de conforto. Mas então nos primeiros 15 minutos você nota que a pessoa que está ali te dando a oportunidade não tem muito a ver com você e durante todo o tempo que está ali você já perdeu toda a animação mas no fim da noite você se convence de que são "ossos do ofício" e que infelizmente existem pessoas que você não vai concordar e que tá tudo bem.

Acho que o problema maior não foi agarrar a oportunidade, é algo bom aproveitá-la quando possível, o problema mesmo foi eu insistir no erro querendo resultados diferentes, ainda que vários outros sinais tenham aparecido para mim, inclusive minha amiga vir e literalmente dizer: CORRE QUE É CILADA! Eu sei que você tá lendo isso cara amiga, saiba que eu te amo e como já te disse, eu vou sempre escutar você a partir de agora! Uma pena ter explodido na minha cara para aprender, mas eu fico feliz de ter aprendido a minha lição.

Não vou me martirizar porque no momento eu pensei estar fazendo o melhor para mim mesma, sendo uma pessoa madura e que consegue separar o pessoal do profissional. Eu estava seguindo uma visão linda e que daria super certo se todos os envolvidos também estivessem mais ou menos no mesmo lugar. Mas essa situação me fez entender com mais propriedade a importância de se colocar em primeiro lugar, a gente volta e meia esquece que nós precisamos nos priorizar porque ninguém vai fazer isso por nós e há situações em que nós sabemos que não está nos fazendo muito bem mas continuamos a nos machucar para agradar aquele do nosso lado.

Isso não é o ideal. Sinta os sinais, não ignore quando eles estão literalmente sendo falados para nós e repense a situação. A vida já é cheia de coisa chata, quando menos nervoso a gente passar, melhor! Na dúvida, deixa pra lá. 

Share:

2 Comentários

  1. Eu me vi muito no inicio desse texto, que parecia que eu mesma havia escrito esse post.
    estou quase terminando a faculdade e sempre tive que trabalhar pra me manter, e estava desesperada para arrumar um estagio remunerado pois eu precisava daquilo para concluir o curso e do dinheiro. fiz a entrevista para uma em uma empresa grande, e eu sendo a unica mulher da seleção passei para a 2 fase e na 2 fase eu que fui contratada, eu fiquei bem feliz por aquilo, mas sabe aquela sensação de que foi facil demais? aceitei o estagio que é em outra cidade, a mesma que faço faculdade, achei que seria facil manter, porém a realidade é outra, fiquei tão feliz no começo mas depois de 2 meses tem sido barra lidar com tudo, estou dormindo 5 horas por dia, no maximo, pois saio 6 da manha de casa e so chego depois da faculdade que já é mais de meia noite e meia, tenho ficado quase ou mais de 8 horas na empresa.
    tenho estado muito cansada, aquela sensação de felicidade passou e eu so tenho estado casada fisicamente e psicologicamente.
    todo mundo fala que é normal, que vou me acostumar com essa rotina, que muita gente vive assim mesmo. Mas acredito que as pessoas romantizam demais o sofrimento, claro que para conquistar coisas as vezes voce tem que lutar muito e sair da zona de conforto, mas sacrificar sua saude mental e fisica atras disso acho demais..
    todo mundo fala que eu sou forte por ta aguentando tudo isso, mas de forte nao tenho nada. Mania chata das pessoas quererem romantizar sofrimento.
    escrevi quase um texto haha
    https://dose-of-poetry.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é realmente bem complicado, e muitas vezes não temos opção de deixar pra lá... por isso é tão importante aprender a quando podemos fazer isso e aproveitar, ninguém merece ficar em sofrimento

      Excluir